O mundo está começando a ter a dimensão do alcance do coronavirus e isto já tem causado impacto em algumas das grandes economias do mundo.

O lucro das grandes empresas americanas tem sido afetado devido a diminuição do consumo da China. Apple, Coca-Cola, entre outras já divulgaram resultados ou notas de resultado informando o impacto negativo em seus resultados tendo como causa o coronavirus.

Os investidores de todo mundo estão com medo e alguns já começaram a se desfazer das suas posições de ações para “salvar” seus investimentos.

Quando olhamos o fundamento de longo prazo não é possível enxergar o futuro tenebroso, a não ser com uma boa dose de inferência e premissas, que possa levar a tomada de decisão de sair do mercado acionário. A catástrofe generalizada ainda se mostrar bem longe de se materializar.

Muito se fala em diversificação e como os portfolios deveriam estar preparados para estes momentos. Eu concordo e tenho reiterado isso a algum tempo aqui no site. Temos que ter os ativos (investimentos) de correlação negativa (oposto da sua estratégia de carteira) no portfolio. Contudo, acredito que ainda é cedo para este pânico todo, e quando comparo esta crise com a do subprime, ainda não vejo o temor tão disseminado nos investidores. Aos novos entrantes na bolsa, pesquisem sobre a crise do subprime.

Agora, o velha estratégia de ir as compras quando as ruas estão cheia de “sangue” ainda não falhou e não é desta vez que irá falhar. Sendo assim, sangue frio é o nome do jogo para o investidor, e me volto para o velho ditado popular que diz: “É na tempestade que se conhece o marinheiro”.

Quem conseguir ter tranquilidade nestes momentos é que sairá vitorioso desta “crise”. Portanto, quando os ativos estiverem a um excelente preço é hora de tombar a sua renda fixa para a bolsa e comprar ações por preço de barganha, ou seja, será você no outlet na black Friday (americana) e com cupom de desconto.

O mercado chama este movimento de “swing de renda fixa”, e ele é desfeito quando aquelas ações (black Friday) estiverem com preço ajustado ao resultado da empresa. A diferença (positiva) da operação será o lucro que você vai embolsar.

Ainda mantenho a convicção que estamos no inicio deste ciclo e não é tempo deste movimento, ter paciência e resiliência agora é fundamental. O momento oportuno de entrada ainda há de se mostrar ao mercado. Logo, mostre que você é um bom marujo e não pule do barco (Bolsa de valores), pois a tempestade vai passar e você não vai querer ficar sozinho a deriva.

Boas escolhas!

0 comentário em “Cadê o bom marujo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: